O perdão que liberta

O perdão não faz com que a outra pessoa esteja certa. Faz com que você fique livre!

Uma das coisas que mais complicam a vida de uma pessoa é se ofender facilmente e guardar mágoa. A Bíblia diz que devemos perdoar rapidamente (Tiago 1:19) por uma razão: Deus quer que desfrutemos da paz, e isso é impossível se estivermos amargos, ressentidos e com raiva. Recusar o perdão é como um ácido que corrói o coração.

Devemos entender que Deus é nosso Juiz, e Ele promete tratar dos nossos inimigos se nós confiarmos nEle para fazer isso. Ele diz que devemos orar por aqueles que nos ofendem, em vez de ficarmos com raiva deles, e quando fazemos isso, o perdão libera Deus para lidar com a pessoa que nos ofendeu. Realmente estamos fazendo um favor a nós mesmos quando perdoamos, pois o perdão nos liberta de uma prisão interna e melhora muito a nossa vida. Mas, se estivermos aborrecidos e desejando vingança, isso afetará o nosso dia a dia de uma forma muito negativa.

Decida hoje dar um basta nisso, pois você não pode perder tempo e energia ficando emburrado com alguém ou alguma coisa. Eu te convido a decidir agora que você será rápido em perdoar. Quanto mais cedo você perdoar uma pessoa que te ofendeu, mais fácil será fazer isso da próxima vez, então não deixe que a raiva apodreça em seu coração e se torne uma raiz de amargura que irá contaminar não só você, mas os outros ao seu redor. Veja o que o apóstolo Paulo disse:

Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o Senhor. Cuidem que ninguém se exclua da graça de Deus. Que nenhuma raiz de amargura brote e cause perturbação, contaminando a muitos” (Hebreus 12:14,15).

Quando alimentamos a nossa raiva, acabamos “descontando” nas pessoas que não têm nada a ver. Muitas pessoas são amargas por causa de alguma ferida do passado e com isso descontam no cônjuge, nos filhos e nas pessoas queridas, mas Deus promete nos restituir e nos abençoar em dobro se fizermos as coisas do jeito dEle (leia Isaías 61:7). Deus está sempre disposto a perdoar nossos nossos pecados e Ele espera que façamos o mesmo com os outros.

Ao escolher perdoar, seus sentimentos com a pessoa que te magoou não irão mudar imediatamente, mas creia que se você fizer a sua parte, Deus fará o que você não pode fazer. Escolha obedecer a Sua Palavra e Ele mudará a maneira como você se sente. Guarde isso: os seus sentimentos sempre irão acompanhar as suas escolhas, basta esperar um pouco de tempo.

Se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará” (Mateus 6:14).

Check Also

  1- Casa de Noé – SALVAÇÃO: Gênesis 7.1 A família de Noé foi escolhida por Deus …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *